Por que não enviamos orçamento por e-mail?

Neste ano de 2017, fizemos modificações importantes no atendimento ao cliente interessado em orçamentos de projetos e obras de arquitetura na cidade do Rio de Janeiro e criamos o Atendimento Presencial BIS, modelo de atendimento presencial para preparação e apresentação de orçamentos ao cliente, pelo portal de serviços Bora Fazer.

Esta modalidade de apresentação é única no ramo de arquitetura e foi concebida sobre os seguintes pilares conceituais:

1º: Orçamento não é dar preço, é atender bem!

Quando o cliente solicita um orçamento, não medimos esforços para oferecer todas as informações necessárias para compreender e esclarecer o escopo do serviço. Acreditamos certamente que uma visita qualificada é mais eficiente para a solução das necessidades do que um e-mail com um preço.

Por isso, queremos sempre entregar algo mais que um orçamento e apostamos num atendimento presencial completo, desde a primeira visita até o final do processo, pagando uma taxa mínima pela reserva.

2º: É conversando que a gente se entende!

O atendimento presencial oferece duas oportunidades para uma conversa produtiva e transparente.

A primeira é para conhecer o cliente, suas necessidades, suas expectativas e análise técnica das condições do imóvel, verificando as possíveis interferências, riscos e potenciais para o projeto do cliente. A segunda visita, já com a proposta alinhada, é para apresentar tudo o que consideramos para a elaboração do valor, as estratégias de cada fase e as soluções para pagamento facilitado.

Nosso orçamento será escrito e impresso para sua análise, de forma clara e objetiva, com as melhores informações possíveis para uma tomada de decisão acertada.

3º: Negociação direta oferece melhores alternativas

Negociar é um ato profundamente influenciado por interações sociais. A partir do relacionamento presencial, o cliente tem total liberdade para rever, questionar, perguntar, sugerir, propor alternativas novas e criativas para que o projeto seja executado com total satisfação e ganhos para todos.

O serviço de atendimento presencial é uma oportunidade única para esclarecimentos e aprendizado entre as partes. A experiência se torna muito mais útil na comparação com outras propostas técnicas enviadas, facilitando a comparação de preços e métodos de trabalho, verificando as melhores vantagens de cada proposta, tanto do ponto de vista técnico, econômico e pela confiança no profissional.

4º: Vantagem em dobro.

O investimento feito na visita técnica do Atendimento Presencial BIS tem seu valor revertido em dobro na forma de créditos automáticos a serem utilizados na proposta negociada. Ou seja, você tem muito mais informações e vantagens reais de desconto.

Aposte no atendimento presencial. Agende agora mesmo!

Acesse http://www.borafazer.com.br/orcamento e preencha seus dados para reservar sua visita. Selecione o Atendimento Presencial BIS e aguarde nosso retorno. Bora Fazer!

Uma casa simples, do meu jeito e com baixo custo pode ser excelente?

No processo de por em prática a casa dos nossos sonhos, é normal a gente se sentir afrontado só de pensar nos custos e no trabalho que vamos ter que enfrentar para construir ou reformar a nossa casa.

As listas de compras de materiais nas lojas de departamento, na loja de construção da esquina, na marmoraria parecem intermináveis . E ainda ter que contratar pedreiros, eletricistas, bombeiro hidráulicos de confiança que entendam o que queremos fazer, com qualidade, bom acabamento e beleza. São tantas ações que nos fazem ficar cansados e até adiamos o pontapé inicial só para evitar passar por esse perrengue todo.

bigstock-152556203

E na era da informática, caímos na tentação de achar que qualquer informação que está na internet é verdadeira. Aí, seguimos conselhos e mais conselhos de pessoas que até tem boa vontade de dar sua opinião para ajudar, mas que só confundem a nossa mente.

Você se identificou com essa história? É pra você que eu quero falar. Queremos dar uma ajuda definitiva para que você possa conduzir este processo com mais tranquilidade do que fez até agora. Confira as dicas essenciais que os Arquitetos da Felicidade trazem para você.

Continuar lendo Uma casa simples, do meu jeito e com baixo custo pode ser excelente?

Como escolher o arquiteto para seu projeto?

Você está há muito tempo com a ideia em mente para construir uma casa do seu jeito, tudo bem planejado, com bom gosto, beleza, conforto, utilidade e tudo o que você merece para morar bem, seja sozinho, ou com sua família. E já deve ter lido muito artigo pela Internet afora com varias dicas, informações de gente que já se deu bem ou se deu mal fazendo sozinho e sem projeto, ou ainda com plantas prontas. Certo?

E aí, depois de muito ver, está pensando em buscar um arquiteto para fazer o projeto da sua casa e foi atrás de mais buscas por indicações na Internet, em grupos de proprietários, classificados, e viu um monte de gente com mais um caminhão de informações.

Pois bem, se você nos encontrou, quero que você não saia deste site sem uma luz para este questionamento. Separamos aqui 5 qualidades que você deve observar para escolher um arquiteto para o projeto dos seus sonhos.

Continuar lendo Como escolher o arquiteto para seu projeto?

Enfrente a crise com a conversão de espaços em coworking

É sabido que a crise econômica vivida no Brasil é considerada a mais profunda que se tem notícia.  O país tenta reagir, revendo pilares do mercado convencional. As atividades produtivas estão em grande transformação e serão cada vez mais impulsionadas a estabelecer novas configurações, mais flexíveis e mais competitivas (para o bem e para o mal), com a reforma das leis de terceirização, da reforma da previdência e trabalhista, o que desenha um cenário futuro bastante diferente, ao qual as empresas precisarão se ajustar para otimizar seus custos.

Mas no cenário atual, muitos empresários tem encontrado dificuldade de manterem sua estrutura física de negócios e assumirem estes custos sem um capital de giro sustentável. Prova disso é que o índice de fechamento de lojas no Estado do Rio aumentou 31% no mês de janeiro de 2017, em comparação com o mesmo período do ano passado, o que significa em números absolutos, mais de 700 lojas.

Por isso, se você é empresário e está precisando fazer algo para sua sobrevivência, a opção de conversão de espaços em coworking surge como alternativa para aumento de produtividade da sua empresa e de faturamento com espaços subutilizados.

O que é um espaço de coworking?

Coworking em tradução livre, pode significar “trabalho colaborativo”. Mas em regras gerais, significa um arranjo produtivo de empresas de pequeno porte, não necessáriamente do mesmo segmento de negócios, que se unem para compartilhar um mesmo espaço físico para suas atividades.

Embora possa parecer uma união para rateio de uma sala, não é só isso. Coworking implica também em um ambiente mais preparado para compartilhamento de atividades de back-office completo (secretariado, administração, TI, serviços de entrega, etc.) e para parcerias de projetos em conjunto no mesmo espaço, num ambiente que favoreça o brainstorming e a inovação.

Por exemplo: escritórios de advocacia podem se reunir com contadores, analistas de mídia digital, marketing, engenheiros e arquitetos para compartilhar clientes e oferecerem um conjunto completo de serviços e de prospecção de novos negócios, tudo isso num mesmo lugar.

O coworking apresenta uma vantagem competitiva importantíssima para quem está iniciando sua vida no empreendedorismo ou como prestadores de serviços terceirizados, com uma estrutura enxuta e independente.

Como converter meu espaço em coworking?

Com as características explicadas acima, você pode perceber que não é só mudar o layout para dar certo. Por isso vamos colocar alguns exemplos de espaços coworking para você compreender.

Espaços coworking em restaurantes

spacious-5

Se você possui um restaurante e está com dificuldades para atrair consumidores para o seu negócio, pense em aproveitar uma parte da sua área construída para adaptar um coworking. Desta forma, o restaurante, que já dispõe  de estrutura de cozinha e café, pode passar a atender ao trabalhadores integrados ao espaço e permite uma fidelização do cliente no número de refeições servidas por dia nos horários fora de ponta.

Espaços coworking em salas comerciais

coworking-consolac387c383o

Se você possui uma sala espaçosa ou tem um espaço ocioso devido a redução de quadro de pessoal, mas está necessitando de ajuda no rateio dos custos de manutenção da sala, pense em um projeto de layout de forma a aproveitar a sala para adaptar um coworking. Além do espaço físico de cadeiras, mesas e salas de reunião, a conversão implica também ao proprietário do espaço na revisão dos custos operacionais de administrativo, atendimento por telefone, cozinha e infraestrutura de TI.

Síndicos de edifícios com vacância em excesso de salas podem se beneficiar ao incentivar este tipo de conversão e aumentar a arrecadação das taxas condominiais.

Espaços coworking em condomínios residenciais

escritoriodeadvocacia-marquesbusiness-jerry

Condomínios residenciais podem também utilizar este recurso de conversão de espaços em coworking para conseguir uma receita extra entre os próprios moradores empreendedores. Algumas construtoras já dispõem de espaços de trabalho como um diferencial ao trabalho home office.

Espaços ociosos nos prédios, em geral os mais antigos que possuem uma área administrativa grande, do tempo em que não havia a terceirização da atividade ou espaço subutilizados, podem ser adaptados para receber a infra necessária para oferecer o serviço.

Espaços coworking em casa

apartamento_240814

O coworking em casa depende necessariamente de um alvará municipal de funcionamento e, em caso de prédios, da anuência do síndico para a atividade em unidade residencial. Caso você seja proprietário de um imóvel residencial e que, por conta da crise, está com dificuldades de alugar ou vender o imóvel, a conversão de espaços em coworking com atividades de baixo impacto de visitantes, pode ser uma alternativa interessante.

Confira também

DÚVIDAS?

Clique no botão e acesse a seção de tira-dúvidas

Como regularizar sua obra na região de Madureira

Este artigo é destinado aos proprietários de imóveis ou investidores que buscam arquiteto no Rio de Janeiro para regularizar obras na adjacências de Madureira, Campinho, Quintino Bocaiuva, Cavalcanti, Cascadura, Engenheiro Leal, Vaz Lobo, Turiaçu, Rocha Miranda, Honório Gurgel, Oswaldo Cruz, Bento Ribeiro e Marechal Hermes.

Se você tem uma obra nestes bairros e precisa de informações sobre como regularizar sua obra ou obter licença para construção, ampliação e reformas, veja aqui.

Como proceder?

Primeiramente você deve conferir a situação real do imóvel junto à Secretaria Municipal de Urbanismo, na Coordenação de Licenciamento e Fiscalização Urbanística da região.

Se sua obra é de algum dos bairros mencionados, você deve se dirigir ao endereço abaixo:

GLF – Madureira
Gerência de Licenciamento e Fiscalização – 7ª GLF
Rua Carvalho de Souza, 274
Tel. 3833-2065      3833-7175
Horário de Atendimento: das 11h às 17h

Para dúvidas simples, não é preciso marcar agendamento prévio. Se for o caso de notificação de irregularidade ou para movimentar processos antigos, será necessário agendamento prévio por telefone.

O que levar?

A documentação de praxe para consulta é uma cópia da escritura do terreno e da construção registrada no Registro de Imóveis (pode ser desatualizada), a guia do último IPTU e, caso tenha, a carta de notificação ou uma planta. Com esta documentação o atendente informará como deve proceder seu processo.

Caso deseje se antecipar, comece a buscar arquitetos com experiência nestes processos.

Leia também

DÚVIDAS?

Clique no botão e acesse a seção de tira-dúvidas

Como regularizar sua obra na região de Irajá

Este artigo é destinado aos proprietários de imóveis ou investidores que buscam arquiteto no Rio de Janeiro para regularizar obras na adjacências de Irajá, Vila Cosmos, Vicente Carvalho, Vila da Penha, Vista Alegre, Colégio, Guadalupe, Anchieta, Parque Anchieta, Ricardo Albuquerque, Coelho Neto, Acari, Barros Filho, Costa Barros,  Parque Columbia e Pavuna.

Se você tem uma obra nestes bairros e precisa de informações sobre como regularizar sua obra ou obter licença para construção, ampliação e reformas, veja aqui.

Como proceder?

Primeiramente você deve conferir a situação real do imóvel junto à Secretaria Municipal de Urbanismo, na Coordenação de Licenciamento e Fiscalização Urbanística da região.

Se sua obra é de algum dos bairros mencionados, você deve se dirigir ao endereço abaixo:

70188722GLF – Irajá
Gerência de Licenciamento e Fiscalização – 6ª GLF
Av. Monsenhor Félix, 512
Tel. 3457-4366      3457-6656
Horário de Atendimento: das 11h às 17h

Para dúvidas simples, não é preciso marcar agendamento prévio. Se for o caso de notificação de irregularidade ou para movimentar processos antigos, será necessário agendamento prévio por telefone.

O que levar?

A documentação de praxe para consulta é uma cópia da escritura do terreno e da construção registrada no Registro de Imóveis (pode ser desatualizada), a guia do último IPTU e, caso tenha, a carta de notificação ou uma planta. Com esta documentação o atendente informará como deve proceder seu processo.

Caso deseje se antecipar, comece a buscar arquitetos com experiência nestes processos.

Leia também

DÚVIDAS?

Clique no botão e acesse a seção de tira-dúvidas

Como regularizar sua obra na região da Ilha do Governador

Este artigo é destinado aos proprietários de imóveis ou investidores que buscam arquiteto no Rio de Janeiro para regularizar obras na adjacências de Ribeira, Zumbi, Cacuia, Pitangueira, Praia da Bandeira, Cocotá, Tauá,  Bancários, Freguesia, Jardim Guanabara, Jardim Carioca, Moneró, Portuguesa, Galeão e Cidade Universitária.

Se você tem uma obra nestes bairros e precisa de informações sobre como regularizar sua obra ou obter licença para construção, ampliação e reformas, veja aqui.

Como proceder?

Primeiramente você deve conferir a situação real do imóvel junto à Secretaria Municipal de Urbanismo, na Coordenação de Licenciamento e Fiscalização Urbanística da região.

Se sua obra é de algum dos bairros mencionados, você deve se dirigir ao endereço abaixo:

GLF – Ilha do Governador
Gerência de Licenciamento e Fiscalização – 5ª GLF
Av. Paranapuan, 941
Tel. 3975-8697     3975-5124
Horário de Atendimento: das 11h às 17h

Para dúvidas simples, não é preciso marcar agendamento prévio. Se for o caso de notificação de irregularidade ou para movimentar processos antigos, será necessário agendamento prévio por telefone.

O que levar?

A documentação de praxe para consulta é uma cópia da escritura do terreno e da construção registrada no Registro de Imóveis (pode ser desatualizada), a guia do último IPTU e, caso tenha, a carta de notificação ou uma planta. Com esta documentação o atendente informará como deve proceder seu processo.

Caso deseje se antecipar, comece a buscar arquitetos com experiência nestes processos.

Leia também

DÚVIDAS?

Clique no botão e acesse a seção de tira-dúvidas

Como regularizar sua obra na zona da Leopoldina

Este artigo é destinado aos proprietários de imóveis ou investidores que buscam arquiteto no Rio de Janeiro para regularizar obras na zona da Leopoldina, que corresponde as adjacências de Ramos, Bonsucesso, Olaria, Penha, Penha Circular, Brás de Pina, Vigário Geral, Cordovil, Parada de Lucas, Jardim América, Higienópolis, Maria da Graça, Del Castilho, Inhaúma, Engenho da Rainha, Tomás Coelho, Complexos do Alemão e da Maré.

Se você tem uma obra nestes bairros e precisa de informações sobre como regularizar sua obra ou obter licença para construção, ampliação e reformas, veja aqui.

Como proceder?

Primeiramente você deve conferir a situação real do imóvel junto à Secretaria Municipal de Urbanismo, na Coordenação de Licenciamento e Fiscalização Urbanística da região.

Se sua obra é de algum dos bairros mencionados, você deve se dirigir ao endereço abaixo:

GLF – Ramos
Gerência de Licenciamento e Fiscalização – 4ª GLF
Rua Lucena, nº 210,  2ºandar
Tel. 3882-2682    Fax.  3867-8667
Horário de Atendimento: das 11h às 17h

]

Para dúvidas simples, não é preciso marcar agendamento prévio. Se for o caso de notificação de irregularidade ou para movimentar processos antigos, será necessário agendamento prévio por telefone.

O que levar?

A documentação de praxe para consulta é uma cópia da escritura do terreno e da construção registrada no Registro de Imóveis (pode ser desatualizada), a guia do último IPTU e, caso tenha, a carta de notificação ou uma planta. Com esta documentação o atendente informará como deve proceder seu processo.

Caso deseje se antecipar, comece a buscar arquitetos com experiência nestes processos.

Leia também

DÚVIDAS?

Clique no botão e acesse a seção de tira-dúvidas

Como regularizar sua obra na região do Méier

Este artigo é destinado aos proprietários de imóveis ou investidores que buscam arquiteto no Rio de Janeiro para regularizar obras na adjacências de Meier, São Francisco Xavier, Rocha, Riachuelo, Sampaio, Pilares, Engenho Novo, Lins de Vasconcelos, Todos os Santos, Cachambi, Engenho de Dentro, Água Santa, Encantado, Piedade, Jacaré e Abolição.

Se você tem uma obra nestes bairros e precisa de informações sobre como regularizar sua obra ou obter licença para construção, ampliação e reformas, veja aqui.

Como proceder?

Primeiramente você deve conferir a situação real do imóvel junto à Secretaria Municipal de Urbanismo, na Coordenação de Licenciamento e Fiscalização Urbanística da região.

Se sua obra é de algum dos bairros mencionados, você deve se dirigir ao endereço abaixo:

CLU 3 – Méier
Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização Urbanística
Rua Jurunas, 219
Tel. 3096-1925/1940

Para dúvidas simples, não é preciso marcar agendamento prévio. Se for o caso de notificação de irregularidade ou para movimentar processos antigos, será necessário agendamento prévio por telefone.

O que levar?

A documentação de praxe para consulta é uma cópia da escritura do terreno e da construção registrada no Registro de Imóveis (pode ser desatualizada), a guia do último IPTU e, caso tenha, a carta de notificação ou uma planta. Com esta documentação o atendente informará como deve proceder seu processo.

Caso deseje se antecipar, comece a buscar arquitetos com experiência nestes processos.

Leia também

DÚVIDAS?

Clique no botão e acesse a seção de tira-dúvidas

Como regularizar sua obra na região do Centro

Este artigo é destinado aos proprietários de imóveis ou investidores que buscam arquiteto no Rio de Janeiro para regularizar obras na adjacências de Centro, Saúde, Gamboa, Santo Cristo, Caju, Cais do Porto, Catumbi, Rio Comprido, Cidade Nova, Estácio, São Cristóvão, Mangueira, Benfica, Triagem, Vasco da Gama, Paquetá e Santa Tereza.

Se você tem uma obra nestes bairros e precisa de informações sobre como regularizar sua obra ou obter licença para construção, ampliação e reformas, veja aqui.

Como proceder?

Primeiramente você deve conferir a situação real do imóvel junto à Secretaria Municipal de Urbanismo, na Gerência de Licenciamento e Fiscalização Urbanística da região.

Se sua obra é de algum dos bairros mencionados, você deve se dirigir ao endereço abaixo:

Gerência de Licenciamento e Fiscalização – 3ª GLF
Rua República do Líbano, 54, 2º andar
Tel.: 2224-7546

Horário de Atendimento: das 11h às 17h

Para dúvidas simples, não é preciso marcar agendamento prévio. Se for o caso de notificação de irregularidade ou para movimentar processos antigos, será necessário agendamento prévio por telefone.

O que levar?

A documentação de praxe para consulta é uma cópia da escritura do terreno e da construção registrada no Registro de Imóveis (pode ser desatualizada), a guia do último IPTU e, caso tenha, a carta de notificação ou uma planta. Com esta documentação o atendente informará como deve proceder seu processo.

Caso deseje se antecipar, comece a buscar arquitetos com experiência nestes processos.

Leia também

DÚVIDAS?

Clique no botão e acesse a seção de tira-dúvidas