Melhorar o transporte público baixando o preço da passagem

Uma política contínua de redução de tarifas do transporte público não significa necessariamente uma inviabilidade econômica. Será que a tarifa zero é algo possível no futuro? Leia esta análise

Confira também

palavras palavras palavras

Quando os protestos de junho tomaram as ruas pedindo a redução no preço das passagens de ônibus muita gente se perguntou como seria possível baixar a tarifa? Prefeitos alertaram que havia risco de faltar dinheiro para áreas como saúde e educação caso tivessem que financiar o transporte público. Apressados concluíram que o transporte é subsidiado na maioria das cidades e não haveria matemática capaz de baixar o preço das passagens. Pois é, mas o preço baixou e o mundo não acabou. Poderia baixar mais?

Faixa exclusiva de ônibus
Depois dos protestos, a prefeitura de São Paulo levou adiante uma iniciativa importante que é aumentar a quantidade de faixas exclusivas para ônibus na cidade. Com essa política que não requer investimento a velocidade média dos ônibus paulistas passou de 13 para 21 km/h nos horários de pico. A população que anda de ônibus está economizando tempo para se deslocar e agora poderá consumi-lo com atividades…

Ver o post original 573 mais palavras

Como está a mobilidade no Brasil?

Mobilidade Urbana é uma preocupação muito importante para os projetos de desenvolvimento urbano. Saiba como está a situação do Brasil.

Leia também

Trabalho premiado foi apresentado no 18º Congresso da ANTP

O 18º Congresso Brasileiro de Transporte e Transito da ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos) foi a oportunidade ideal de compartilhar conhecimento e divulgar o trabalho aos profissionais do setor. Por indicação da minha orientadora resolvi participar do evento, e tive que fazer uma terceira edição do trabalho para o padrão do congresso, com parte dos elementos do trabalho da pós-graduação e do PowerPoint enviado à Fetranspor, o que gerou uma Comunicação Técnica.

Uma vez aprovado o artigo pela organização do congresso, tive mais uma vez apoio da empresa quanto a inscrição e disponibilidade para visitas técnicas e sessões durante todos os dias do evento, realizado no Centro de Convenções SulAmérica.

Acesse a comunicação técnica: Rede de Mobilidade Sustentável: o Desafio do Transporte no Rio de Janeiro.

Este trabalho foi exposto na Sessão Técnica ST 08 – Tema: Planejamento de Transporte Público, no dia 20 de outubro de 2011, na presença de técnicos e engenheiros de transportes de empresas públicas. Durante o congresso, participei de visitas técnicas ao Centro de Controle Operacional do Metrô Rio, ao Teleférico do Morro do Alemão e ao canteiro de obras do Metrô da Linha 4 no Jardim Oceânico.

Foi uma grande experiência participar deste evento, onde pude ampliar horizontes e conhecer pessoas competentes, técnicos e políticos, que atuam no setor no Brasil e estrangeiros – como foi o caso dos representantes da Doppelmayr, fabricante de teleféricos da Áustria. Pude ainda frequentar a VII INTRANS, onde estavam os estandes de fabricantes de ônibus e empresas patrocinadoras.

As fotos do evento estão publicadas na Página da ANTP no Facebook. Clique aqui para acessar

Este foi o fim do ciclo deste trabalho sobre mobilidade urbana. A partir do próximo post, o tema será FELICIDADE. Aguardem!

Light deu destaque ao Prêmio Mobilidade Urbana

O Prêmio Mobilidade Urbana 2009-2010 da Fetranspor foi destacado na comunicação interna da Light através do Boletim Últimas Notícias, que deu destaque a premiação. Clique na imagem e confira o texto na íntegra.

Prêmio Mobilidade Urbana 2009-2010


O Prêmio Mobilidade Urbana 2009-2010 foi promovido pela Fetranspor (Federação das Empresas de Transporte de Passageiro do Estado do Rio de Janeiro), realizado no dia 12 de novembro de 2010, durante o 14º Etransport, na Marina da Glória.

O prêmio foi concebido para estimular e reconhecer as melhores práticas ligadas, direta ou indiretamente, à mobilidade urbana no Estado do Rio de Janeiro; contribuindo para promover ou melhorar a sustentabilidade, o bem-estar, e/ou a qualidade de vida da população do Estado do Rio de Janeiro.

Tendo em mãos o edital, tive que adaptar o trabalho original ao padrão que a premiação estabelecera, isto é, transformar aquele texto num powerpoint dentro de um roteiro pré-definido. As adaptações transformaram o Powerpoint num produto diferente em alguns pontos do original, com elementos de leitura mais facilitada. Este talvez deve ter sido o motivo de ter sido bem sucedido.

Continuar lendo Prêmio Mobilidade Urbana 2009-2010

A Mobilidade Urbana: uma visão de rede de transportes

Neste primeiro momento do blog, minha intenção é centralizar as publicações referentes aos trabalhos de minha autoria que já foram publicados em eventos e compartilhados na internet.

Este é o meu primeiro trabalho representativo desde o trabalho final de graduação. Foi elaborado na disciplina de Transportes do Curso de Especialização de Engenharia Urbana da UFRJ, sob orientação da professora Eva Vider, da Poli/UFRJ.

Acesse o trabalho: Rede de Mobilidade Sustentável: o Desafio do Transporte no Rio de Janeiro

Este trabalho contém a base teórica utilizada no produto submetido ao Prêmio Mobilidade Urbana 2009-2010 da Fetranspor, baseado no enunciado do exercício da disciplina. Eu gostei tanto deste trabalho que fiquei confiante a submetê-lo a essa premiação, minha primeira experiência em eventos técnicos.