Mesmo com pouca grana, não se deve fazer obra sem projeto

Muita gente ainda não tem noção da real utilidade de um projeto de arquitetura numa obra de construção ou de reforma. Acham que é só um desenho no papel que se propõem a representar questões estéticas e decorativas. E se a obra não tem muitos detalhes, basta só que o mestre de obras e o proprietário se entendam para solucionar na prática e no improviso.

Sempre foi assim. Sempre deu certo. É aí que a maioria se engana.

Continuar lendo Mesmo com pouca grana, não se deve fazer obra sem projeto

Bloco cerâmico ou bloco de concreto?

#domingodaconstrução

Que material utilizar? Bloco de cerâmica ou concreto? Conheça os materiais e como tirar vantagem deles na sua obra.

Leia também

COMPRE AGORA
OFERTA – Legalize sua obra e ganhe 10% de desconto. Confira a melhor oferta do Brasil

Camargo Química

Os blocos de concreto são versáteis por sua composição e estão cada vez mais se tornando uma boa opção para paredes de vedação ou estruturais das residências (sustentam a construção sem pilares e vigas). Com esse sucesso, a maior dificuldade está na escolha do material: concreto, concreto celular, silicocalcário ou cerâmica. De acordo com especialistas, é importante escolher o material que seja mais adequado ao projeto. Ou seja, conforme a resistência térmica da casa ou se a fundação pede peças leves.

Um projeto considerado racional evita cortes e desperdício de blocos, pois se baseia nas medidas das peças, inteira ou pela metade. Diferentemente dos tijolos maciços de barro, eles têm furos que permitem embutir as instalações elétrica e hidráulica, e consomem até um terço menos de argamassa no assentamento e no reboco, aumentando a produtividade da mão de obra. Entretanto, o tijolo tem maior isolamento acústico e capacidade de armazenar…

Ver o post original 398 mais palavras