Mesmo com pouca grana, não se deve fazer obra sem projeto

Quando se abre mão de um projeto na fase em que se deve planejar bem a obra, por uma suposta "economia", o proprietário vai de encontro de uma série de surpresas amargas que vão doer no bolso.

Bloco cerâmico ou bloco de concreto?

#domingodaconstrução

Que material utilizar? Bloco de cerâmica ou concreto? Conheça os materiais e como tirar vantagem deles na sua obra.

Leia também

COMPRE AGORA
OFERTA – Legalize sua obra e ganhe 10% de desconto. Confira a melhor oferta do Brasil

Camargo Química

Os blocos de concreto são versáteis por sua composição e estão cada vez mais se tornando uma boa opção para paredes de vedação ou estruturais das residências (sustentam a construção sem pilares e vigas). Com esse sucesso, a maior dificuldade está na escolha do material: concreto, concreto celular, silicocalcário ou cerâmica. De acordo com especialistas, é importante escolher o material que seja mais adequado ao projeto. Ou seja, conforme a resistência térmica da casa ou se a fundação pede peças leves.

Um projeto considerado racional evita cortes e desperdício de blocos, pois se baseia nas medidas das peças, inteira ou pela metade. Diferentemente dos tijolos maciços de barro, eles têm furos que permitem embutir as instalações elétrica e hidráulica, e consomem até um terço menos de argamassa no assentamento e no reboco, aumentando a produtividade da mão de obra. Entretanto, o tijolo tem maior isolamento acústico e capacidade de armazenar…

Ver o post original 398 mais palavras