Como regularizar sua obra na região da Ilha do Governador

Este artigo é destinado aos proprietários de imóveis ou investidores que buscam arquiteto no Rio de Janeiro para regularizar obras na adjacências de Ribeira, Zumbi, Cacuia, Pitangueira, Praia da Bandeira, Cocotá, Tauá,  Bancários, Freguesia, Jardim Guanabara, Jardim Carioca, Moneró, Portuguesa, Galeão e Cidade Universitária.

Se você tem uma obra nestes bairros e precisa de informações sobre como regularizar sua obra ou obter licença para construção, ampliação e reformas, veja aqui.

Como proceder?

Primeiramente você deve conferir a situação real do imóvel junto à Secretaria Municipal de Urbanismo, na Coordenação de Licenciamento e Fiscalização Urbanística da região.

Se sua obra é de algum dos bairros mencionados, você deve se dirigir ao endereço abaixo:

GLF – Ilha do Governador
Gerência de Licenciamento e Fiscalização – 5ª GLF
Av. Paranapuan, 941
Tel. 3975-8697     3975-5124
Horário de Atendimento: das 11h às 17h

Para dúvidas simples, não é preciso marcar agendamento prévio. Se for o caso de notificação de irregularidade ou para movimentar processos antigos, será necessário agendamento prévio por telefone.

O que levar?

A documentação de praxe para consulta é uma cópia da escritura do terreno e da construção registrada no Registro de Imóveis (pode ser desatualizada), a guia do último IPTU e, caso tenha, a carta de notificação ou uma planta. Com esta documentação o atendente informará como deve proceder seu processo.

Caso deseje se antecipar, comece a buscar arquitetos com experiência nestes processos.

Leia também

DÚVIDAS?

Clique no botão e acesse a seção de tira-dúvidas

Quero fazer faculdade de arquitetura: as matérias do vestibular

MP900439403

Passada a fase do Teste de Habilidade Específica, como já comentei anteriormente, é preciso concentrar os esforços no vestibular propriamente dito.

Eu fiz o vestibular em 2000 e naquela época os critérios eram diferentes. Não havia ENEM. Era um vestibular onde se estudava de acordo com o tipo de segmento da disciplina. Havia uma classificação de matérias específicas e não específicas de acordo com o tipo de carreira pretendida.

Naquela época, a redação era a primeira prova e tinha peso independente das demais matérias, tinha um dia só para as provas não específicas (eram Biologia, Química, Geografia, Língua Estrangeira e Literatura) e outro para as específicas (eram Matemática, Física, História e Língua Portuguesa).

A nota do vestibular era dada pela média do somatório das notas das matérias não específicas, somadas cada nota das específicas e redação, com peso individual, divido pelo número de pesos.

Desde que a minha faculdade passou a adotar o ENEM, pelo que pude apurar o critério de seleção é bem diferente, e eu não tenho como comentar esse novo processo.

Mas o que posso esclarecer para você, que é vestibulando, é que existe uma relação entre o que você vê na sua escola com o que virá no período da faculdade propriamente dito.

Leia também

Continuar lendo Quero fazer faculdade de arquitetura: as matérias do vestibular

Quero fazer faculdade de arquitetura: o Teste de Habilidade Específica

Como eu já postei anteriormente, todos nós podemos ser Arquitetos da Felicidade, mesmo sem fazer faculdade de arquitetura. Mas é sabido que há jovens do Ensino Médio que estão se preparando para prestar vestibular e pensam em fazer faculdade de arquitetura, se preparando para o concurso do ENEM deste ano, fazendo cursinhos pré-vestibular, buscando informações sobre a carreira de arquiteto.

Então, se você busca essa informação e entende que sua felicidade é fazer faculdade de Arquitetura, eu vou tentar te ajudar. Sigam-me os bons!

Leia também

Continuar lendo Quero fazer faculdade de arquitetura: o Teste de Habilidade Específica