Desculpe o transtorno. Estamos construindo felicidade.

Promover a felicidade é um dos sete princípios do Arquiteto da Felicidade. Este princípio foi colocado em prática em ocasiões anteriores, como a apresentação feita no debate da Conferência Rio+20 no Complexo do Alemão, no aniversário do blog na Confeitaria Colombo, e na celebração do Dia Internacional da Felicidade na Sorveteria e Pizzaria Beijo&Beijo.

O exercício cotidiano deste princípio foi colocado mais uma vez em prática durante a Jornada Mundial da Juventude Rio 2013. Além da experiência de dormir na rua como um sem-teto, uma ação de promoção do conceito foi colocada em prática com muito sucesso: o protesto do bem.

Continuar lendo Desculpe o transtorno. Estamos construindo felicidade.

Dia Internacional da Felicidade: a primeira celebração no Brasil

No ultimo dia 20 de março de 2013 foi comemorado o primeiro Dia Internacional da Felicidade no mundo. A data foi instituída pela ONU por meio da Resolução 66/281 na 66ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas em 28 de junho de 2012.

Os 193 Estados-membros da ONU aprovaram por unanimidade o texto da resolução, que definiu o dia 20 de março como um dia para que a sociedade civil e indivíduos observem a data “de maneira apropriada, por meio da educação e atividades públicas para tomada de consciência” sobre a importância da Felicidade.

Pelo texto da referida resolução, A ONU considera que “a busca da felicidade é um objetivo humano fundamental” e reconhece “a necessidade de se construir uma abordagem mais equitativa e equilibrada do crescimento econômico que promova o desenvolvimento sustentável, erradicação da pobreza, felicidade e bem-estar para todos os povos”.

Decidi, pois, assumir como compromisso do blog de que essa data seria celebrada. E assim o foi. Conheça os detalhes da empreitada pioneira do Arquiteto da Felicidade: a primeira celebração do Dia Internacional da Felicidade no Brasil.

ONU Felicidade

Continuar lendo Dia Internacional da Felicidade: a primeira celebração no Brasil

A vontade de ser feliz continua

Ontem foi dia 7 de fevereiro de 2013 e comemoramos o meu primeiro ano deste blog com muito bom humor e felicidade na Confeitaria Colombo.

O evento foi muito legal, com a presença de amigos e contemplando uma ambiente feliz e de uma arquitetura de valor. Agradeço a presença dos amigos que vieram e ganharam seus brindes surpresa.

Poderia ter sido melhor? Lógico! Sempre pode ser melhor.

Mas é só o primeiro ano. Com a experiência adquirida surgirá também a esperança de que o amanhã será muito mais feliz.

Se você perdeu, não tem problema. No próximo será muito melhor.

Acompanhe as novidades do Arquiteto da Felicidade para 2013 a partir do próximo post.

Sigam-me os bons!

Veja a galeria de fotos abaixo, que estão no meu Instagram.

Continuar lendo A vontade de ser feliz continua

Desenvolvimento Urbano com Felicidade

Ao fim da monografia percebi a necessidade de manter este assunto vivo e entendia que era a hora de mostrar aos arquitetos um pouco do conhecimento adquirido neste período de estudo. Foi então que surgiu a oportunidade de participar da 49ª Premiação Anual do Instituto dos Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio de Janeiro (IAB-RJ) e a iniciativa em me associar à entidade.

A 49ª Premiação Anual do IAB-RJ teve como principal objetivo premiar, valorizar e divulgar a produção intelectual e profissional dos arquitetos e urbanistas associados ao IAB-RJ, sendo um dos principais eventos da Festa Anual dos Arquitetos, que também prestou homenagens às personalidades de destaque na atuação profissional.

Fui um dos cinco finalistas indicados na categoria Produção Teórica. A indicação foi recebida em razão do meu artigo “Desenvolvimento Urbano com Felicidade: uma nova abordagem no planejamento de cidades”, baseado na discussão central proposta na monografia de conclusão do curso de Especialização em Engenharia Urbana da UFRJ.

Foi minha primeira experiência em eventos exclusivamente voltado aos arquitetos e foi uma experiência boa rever professores da faculdade, ex-alunos, ex-chefes e, o mais importante, respirar arquitetura.

A exemplo do trabalho sobre mobilidade, a próxima escala deste trabalho será o XXIV Congresso Panamericano de Arquitetos, a ser realizado de 27 a 30 de novembro de 2012, em Maceió – Alagoas, o qual submeterei o trabalho e, se aceito, será publicado de forma oficial.

Trabalho premiado foi apresentado no 18º Congresso da ANTP

O 18º Congresso Brasileiro de Transporte e Transito da ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos) foi a oportunidade ideal de compartilhar conhecimento e divulgar o trabalho aos profissionais do setor. Por indicação da minha orientadora resolvi participar do evento, e tive que fazer uma terceira edição do trabalho para o padrão do congresso, com parte dos elementos do trabalho da pós-graduação e do PowerPoint enviado à Fetranspor, o que gerou uma Comunicação Técnica.

Uma vez aprovado o artigo pela organização do congresso, tive mais uma vez apoio da empresa quanto a inscrição e disponibilidade para visitas técnicas e sessões durante todos os dias do evento, realizado no Centro de Convenções SulAmérica.

Acesse a comunicação técnica: Rede de Mobilidade Sustentável: o Desafio do Transporte no Rio de Janeiro.

Este trabalho foi exposto na Sessão Técnica ST 08 – Tema: Planejamento de Transporte Público, no dia 20 de outubro de 2011, na presença de técnicos e engenheiros de transportes de empresas públicas. Durante o congresso, participei de visitas técnicas ao Centro de Controle Operacional do Metrô Rio, ao Teleférico do Morro do Alemão e ao canteiro de obras do Metrô da Linha 4 no Jardim Oceânico.

Foi uma grande experiência participar deste evento, onde pude ampliar horizontes e conhecer pessoas competentes, técnicos e políticos, que atuam no setor no Brasil e estrangeiros – como foi o caso dos representantes da Doppelmayr, fabricante de teleféricos da Áustria. Pude ainda frequentar a VII INTRANS, onde estavam os estandes de fabricantes de ônibus e empresas patrocinadoras.

As fotos do evento estão publicadas na Página da ANTP no Facebook. Clique aqui para acessar

Este foi o fim do ciclo deste trabalho sobre mobilidade urbana. A partir do próximo post, o tema será FELICIDADE. Aguardem!