Os números de 2012 do Arquiteto da Felicidade

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2012 deste blog.

Aqui está um resumo:

600 pessoas chegaram ao topo do Monte Everest em 2012. Este blog tem cerca de 2.100 visualizações em 2012. Se cada pessoa que chegou ao topo do Monte Everest visitasse este blog, levaria 4 anos para ter este tanto de visitação.

Clique aqui para ver o relatório completo

O Fim do Mundo: um final feliz

Happy People

Hoje é dia 21/12/2012.

Hoje me disseram que seria o fim do calendário maia. E por causa disso alguém concluiu que a partir desta data não haveria nada além, que isso significaria o fim do mundo.

Muitos outros fins do mundo foram anunciados antes deste e nenhum se concretizou. Então vive-se esperando sempre que a próxima promessa de fim seja mais acertada.

Bem, eu tenho uma proposta melhor. Que tal não frustrarmos os amigos maias e aqueles que acreditam nele?

Vamos realizar este fim do mundo! E que ele termine da maneira mais feliz possível.

Continuar lendo O Fim do Mundo: um final feliz

Arquitetura como celebração da vida

E como ser na prática um arquiteto da felicidade?

Uma das formas se colocar o conceito derivado do estudo da monografia surgiu no ano passado, a partir de uma demanda por elaboração de um projeto de arquitetura para reforma geral de um barracão de bloco carnavalesco. O cliente demandava uma proposta diferenciada para captar patrocínios e custear a obra. Então foi criada uma abordagem que fazia a ligação entre o conceito e a prática: a arquitetura como celebração.

Convidei a minha amiga Joana Norte, e em conjunto construimos um conceito inovador em apresentação de propostas. O texto abaixo é um extrato do produto final, que é um texto de introdução da proposta de projeto de arquitetura como celebração, pelo qual fazemos um convite ao cliente: vamos celebrar a vida sem medo de ser feliz, fazendo dos espaços que habitamos espelho daquilo que desejamos ser.

———————————————————————————–

É com muita alegria e satisfação que apresentamos esta proposta diferenciada para celebrarmos um contrato. É tempo de celebrar!

E o que é uma celebração? Mais de que um acordo entre partes interessadas, o ato de celebrar é uma realização solene de um evento importante e que geralmente precisa ser comemorado, festejado e revivido.

Celebramos momentos que  tem significado histórico e afetivo na nossa vida e se atribui um valor. Celebramos datas importantes, aniversários, casamentos, vitórias, campeonatos, conquistas pessoais, viradas de ano, e demais momentos especiais, acompanhados geralmente por sentimentos de admiração, solidariedade, satisfação, fraternidade e que contagia pessoas que amamos e estão ao nosso redor. Estes momentos especiais em nossas histórias de vida deixam de ser uma simples moeda de troca e passam a ser um compartilhamento de valores preciosos que desejaremos que sejam duradouros.

Como arquitetos, ao reconhecer os valores de cada projeto idealizado pelo cliente temos a exata noção da importância do nosso papel de concretizar os sonhos e as realizações. Porém, mais importante que a habilidade técnica ou os materiais de construção que se erguem, serão mais valiosos os momentos que desejamos viver o sonho que nasce da mente e do coração do indivíduo. E este é um processo que amamos intuitivamente, é como se ele tivesse vontade própria de se realizar e quer conquistar aqueles que acreditam verdadeiramente.

Deste modo, por compartilharmos da mesma esperança e que os seus valores também são os nossos, consideramos é que este documento é um testemunho público da nossa fé, pois acreditamos verdadeiramente que todo o empenho necessário nos conduzirá na possibilidade de realização deste projeto e que nós também compartilhamos da necessidade de construir uma arquitetura representativa, que traduza concretamente a esperança duradoura destes valores e que serão plenamente vividos pelos que trabalharão, construirão e habitarão este espaço.

Assim, nos colocamos à disposição de fazer mais do que apresentação uma proposta comercial. Convidamos você a uma experiência de vida única de compartilharmos o significado deste projeto e de atribuirmos um valor verdadeiro, motivo de alegria, felicidade e muitas celebrações.

Agradecemos o convite, esperançosos em celebrar mais uma vez um momento histórico nas nossas vidas.

Felicidades!

Robert Jeferson e Joana Norte