Conheça os benefícios da Espiritualidade Corporativa

Entrevistamos a consultora de marketing Aparecida Ramos, que explica o conceito e a necessidade da construção desta espiritualidade em empresas e organizações. E já existe empresa no Brasil realizando este trabalho!

O dom da dedicação

Vencer a inércia, romper barreiras e buscar a felicidade. O sucesso é consequência de uma intensa dedicação num projeto de vida. Leia este artigo superinteressante.

Leia também:

Benfeitor

A única coisa que separa um amador de um expert é a dedicação. Qualquer um pode ser um gênio se dedicar o tempo apropriado e manter o foco em se aprimorar. O melhor de tudo é saber que nunca é tarde.

Sempre ouço pessoas dizendo que não começam a aprender uma nova língua ou um instrumento musical porque deveriam ter iniciado mais cedo, quando crianças. Pior, escuto pessoas extremamente capazes dizendo que não têm talento natural para uma determinada atividade. Muito provavelmente essas pessoas estão enganadas e subestimam a própria capacidade. Se você tiver 30 anos e começar a aprender piano seriamente amanhã, chegará aos 50 anos de idade com 20 anos de prática e poderá ser um prodígio. Se começar com 50, aos 70, será um dos melhores pianistas da terceira idade. A ideia de que qualquer pessoa tem o potencial para se tornar um expert ou adquirir uma…

Ver o post original 373 mais palavras

Como anda a paixão sobre o seu trabalho?

Um texto de carreiras que fala sobre a felicidade na carreira. Será que não é hora de mudar para ser mais feliz?

Leia também

Mais Tempo - administração do tempo, produtividade e life hacking

Ontem estava voltando de um evento e conversando com uma funcionária da Bayer, falamos sobre o assunto de carreira. Ela fez veterinária e hoje trabalha com pesquisa clínica dentro da Indústria, o marido também é veterinário e se especializou em odontologia para cavalos.

A emoção que ela falava sobre a carreira dela era impressionante, algo de paixão mesmo, de gostar e ter prazer naquilo que faz. Óbvio que tinha probleminhas e coisas que ela não gosta no dia-a-dia, mas nada tirava o tesão de como ela falava do seu trabalho, o ruim se tornou supérfluo. Ouso dizer que ela é daquelas poucas pessoas que encontraram seu propósito, acharam o lugar certo e conseguem viver aquilo que amam no dia-a-dia.

I-love-my-job-583x388

Meu cunhando é outro exemplo disso. Ele é um conhecido jornalista esportivo, trabalha no principal veículo no segmento no País. Ele sempre amou futebol e hoje vive disso. No momento recebeu…

Ver o post original 421 mais palavras

Talentos da Felicidade – Parte 4: Trabalho

Neste quarto artigo da série, será abordada uma dimensão que é bastante sensível às expectativas de felicidade de grande parte das pessoas: o trabalho. Vamos entender de que forma podemos nos identificar com o talento selecionado e o modo que a prioridade deve ser orientada. Parte 4 - Trabalho e Bernardinho Este tema é tão … Continue lendo Talentos da Felicidade – Parte 4: Trabalho