Lei da Mais Valia: regularização em Duque de Caxias é até o dia 19/12

A Prefeitura Municipal de Duque de Caxias iniciou uma campanha chamada Mutirão da Legalização e contempla a Mais Valia para regluarização de edificações. Entenda como obter os benefícios da lei.

Construir telhado sobre o afastamento de casas: esqueça essa ideia!

Fique ligado: construir telhados sobre a área "non ædificandi" é ilegal! Qualquer cidadão pode oferecer denúncia à Prefeitura informando irregularidade na construção e solicitar a sua demolição. Entenda o porquê e veja como regularizar sua situação.

Coreia do Sul deve ganhar o primeiro edifício ‘invisível’ do mundo

Arranha-céu invisível: uma solução tecnológica para arquiteturas pode reduzir o impacto na paisagem urbana. Confira essa solução da Coreia do Sul

Energia Inteligente

160955-predio-invisivel

A prefeitura da cidade sul-coreana de Cheongna, próxima da capital Seul, autorizou a construção daquele que será o primeiro edifício invisível do mundo. Com 450 metros de altura, o prédio usará painéis de LED para exibir imagens do ambiente e, assim, criar a ilusão de ótica.

Ver o post original 202 mais palavras

Lei estadual exige laudo de vistoria para edifícios no RJ

A lei de autovistoria em edifícios residenciais comerciais e prédios públicos está em vigor e obriga os condomínios a emitirem um laudo das condições de segurança e de manutenção. Conheça detalhes da lei e porque você precisará contratar um arquiteto.

Prédio de Nouvel terá maior jardim vertical

Projetos contemporâneos sempre buscam soluções verdes e sustentáveis para arquiteturas urbanas. Conheça esse projeto para a Austrália assinado por Jean Nouvel.

Leia também:

COMPRE AGORA
Confira as ofertas de projeto de arquitetura a seu alcance

Marcelo Lara Negócios Imobiliários

Paisagismo de Patrick Blanc sobe a 166 metros

  (Foto: divulgação)

O condomínio residencial One Central Park, cuja construção acaba de entrar em fase final em Sydney, promete contar com o maior e mais alto jardim vertical do mundo. Ao todo, 166 metros de fachada de um edifício e 64,5 metros da fachada do outro serão cobertos por 190 tipos de plantas australianas e 160 espécies vegetais exóticas. A extravagância é fruto da mente do botânico francês Patrick Blanc, inventor do conceito de jardins verticais (e que há 30 anos trabalha com eles). Blanc foi chamado por seu conterrâneo Jean Nouvel, autor do projeto e um dos top arquitetos que o mundo possui hoje.

“O edifício, junto com o jardim vertical, parecerá flutuar no ar – o resultado do projeto será especial; novo para o cenário de Sidney”, diz Blanc. Fica fácil imaginar o impacto do paisagismo, se pensarmos em termos numéricos. Ao…

Ver o post original 133 mais palavras