As 4 Virtudes Cardeais

A visão de mundo a partir das quatro virtudes cardeais nos conduz a uma vida mais feliz. Leia este texto.

Sob Malhete

Virtudes Cardeais

Virtude = tendência para o bem, que deve ser ensinada, vigilantemente, desde os primeiros anos de vida.

O número 4, segundo Pitágoras, representa a justiça pois 4 corresponde a soma de dois números pares e iguais (2 + 2), o quadrado também cumpre a mesma função. Justiça: idéia de proporcionalidade, medida, adequação. A virtude das virtudes, já que sua completa realização corresponde ao bem comum. O bem que não é só meu, nem teu, mas que inclui a comunidade, beneficiando a cada um e a todos, simultaneamente.

A justiça aponta para a finalidade da ação e a prudência é a mestra do como fazer: “Para bem agir, é necessário não apenas fazer algo, mas fazer como se deve, ou seja, é necessário agir de acordo com uma opção bem regrada e não apenas por impulso ou paixão.” Esta frase de São Tomas de Aquino resume aquilo que é o agir…

Ver o post original 209 mais palavras

Desculpe o transtorno. Estamos construindo felicidade.

Neste artigo divulgamos o resultado de uma ação de promoção da felicidade. Inspirada nas manifestações brasileiras, os Protestos do Bem levaram a mensagem de felicidade nos dias de evento no Rio de Janeiro e chamaram atenção da imprensa.

Ciência busca a Felicidade

Sonja Lyubomirsky, psicóloga e autora do livro "A Ciência da Felicidade", diz que a sensação de felicidade aumenta quando uma coisa boa acontece e diminui quando a coisa é ruim. Mas, nos dois casos, não demora muito até que seu humor volte ao nível fixo. Você sabe, a gente se acostuma com tudo - reportagem do: The New York Times

Projeto Amélie – Gestos de Felicidade

Promover a felicidade é simples. Que bom que existem pessoas que sabem usar a simplicidade a favor da causa. Conheça o Projeto Amélie de Lisboa.

Karolsingleworld's Blog

Ações variadas e desinteressadas, que façam alguém sorrir, sentir-se melhor ou emocionar-se. Qualquer coisa que mude o dia-a-dia de algumas (mas basta uma) pessoas é o que vem acontecendo desde setembro de 2011 na cidade de Lisboa graças ao designer português Martim Dornellas que decidiu fazer estes pequenos gestos, de acordo com uma auto-proposta para mudar o mundo. “Foi numa altura complicada da minha vida. Claro que mudá-lo é um projeto demasiado ambicioso. Então lembrei-me de começar a mudar pequenos mundos, os nossos pequenos mundos”, acrescenta.

Inspirado por movimentos espontâneos como o “Zé Frank Chill Out Song”, os “Abraços Grátis” ou os “Improve Everything” – que já percorreram várias cidades, inclusive brasileiras, realizando missões surpresa em espaços públicos – Martim criou o Projecto Amélie.

Ao jeito da personagem francesa Amélie Poulain, conseguiu deixar os transeuntes mais felizes. Tanto, que estes acabaram por apadrinhá-lo e espalhá-lo pelo país. “O mais interessante…

Ver o post original 70 mais palavras

Como anda a paixão sobre o seu trabalho?

Um texto de carreiras que fala sobre a felicidade na carreira. Será que não é hora de mudar para ser mais feliz?

Leia também

Mais Tempo - administração do tempo, produtividade e life hacking

Ontem estava voltando de um evento e conversando com uma funcionária da Bayer, falamos sobre o assunto de carreira. Ela fez veterinária e hoje trabalha com pesquisa clínica dentro da Indústria, o marido também é veterinário e se especializou em odontologia para cavalos.

A emoção que ela falava sobre a carreira dela era impressionante, algo de paixão mesmo, de gostar e ter prazer naquilo que faz. Óbvio que tinha probleminhas e coisas que ela não gosta no dia-a-dia, mas nada tirava o tesão de como ela falava do seu trabalho, o ruim se tornou supérfluo. Ouso dizer que ela é daquelas poucas pessoas que encontraram seu propósito, acharam o lugar certo e conseguem viver aquilo que amam no dia-a-dia.

I-love-my-job-583x388

Meu cunhando é outro exemplo disso. Ele é um conhecido jornalista esportivo, trabalha no principal veículo no segmento no País. Ele sempre amou futebol e hoje vive disso. No momento recebeu…

Ver o post original 421 mais palavras