Nós não vamos desistir!

Amigos leitores, clientes, estudantes e visitantes do nosso blog.

Nossa missão desde o início deste blog é, através do nosso trabalho, promover a felicidade e ajudar as pessoas a levarem uma vida mais feliz e desenvolvida. Buscar a felicidade exige também de nós um exercício diário de empatia, isto é, colocar-se no lugar do outro para compreender e oferecer o melhor de nós para alcançar objetivos e ser solidário nas dificuldades.

E neste exercício de empatia vemos que o sentimento geral é de desânimo, desesperança e tristeza por uma crise que há tempos não se via no nosso país. Dia após dia somos bombardeados por fatos vergonhosos na vida política e que aumentam as incertezas sobre o amanhã da política, da economia, do emprego. Os sonhos parecem cada dia mais distantes de se realizar.

Chegamos ao fundo do poço? Conseguiremos sair dele? São muitas as perguntas sem resposta neste momento e só o tempo haverá de dar resposta.

Poderíamos aqui destilar todo o repertório de críticas políticas, econômica, sociais e éticas aos governos, como a maioria de nós já está fazendo por aí. Mas neste momento não precisamos de mais postagens sobre isso, pois já temos em abundância na Internet.

Gostaríamos então de relembrar uma frase marcante dita pelo Papa Francisco, no ano de 2013, quando estava a falar com pacientes de um hospital de tratamento de dependentes químicos no Rio de Janeiro:

“Não deixem que lhes roubem a esperança! Mas digo também: não roubemos a esperança; pelo contrário, tornemo-nos todos portadores da esperança”.

Do mesmo modo, precisamos ficar de pé, mesmo diante de um país que padece. Não podemos nos deixar contaminar ainda mais com as drogas que chegam até nós. Precisamos manter a saúde para cuidar dos que estão doentes.

Não deixemos que o Estado nos impeça de lutar, nem fiquemos acomodados esperando a solução mágica. Os sonhos da sua vida só dependem do indivíduo livre, protagonistas e agente da mudança na sua realidade.

Nós não vamos desistir de buscar a felicidade e de apoiar a todos que precisam realizar seus projetos. Nós acreditamos no poder das pessoas deste país e faremos de tudo para apoiá-las.

Brasil, vamos começar?

Leia também:

DÚVIDAS?

Clique no botão e acesse a seção de tira-dúvidas