7 dicas para realizar uma obra perfeita em casa (e sem prejuízos)

por Luiza Ribeiro
Correspondente da Felicidade

Sujeira para todo lugar, as coisas fora do lugar, gente passando por todos os lados e materiais de construção desanimam rapidinho que está pensando em deixar a casa com uma cara melhor. Para evitar problemas maiores, elaboramos uma listinha básica de como fazer para sua obra sair perfeita. São conselhos e observações que podem fazer a diferença na hora de contratar uma equipe, no período de execução e até mesmo para que seus vizinhos não fiquem bravos com você por trazer tanto barulho perto deles.

Leia também

1. Escolha pela qualidade

imagem 1

Não se deixe levar pela simpatia ou pela boa lábia dos vendedores. Fique esperta para não acabar com uma equipe de baixa qualidade para executar sua obra. Portanto, preste bem atenção no currículo e nos anos de experiência do profissional ou da empresa.

 2. Cuidado com as referências

Sempre gostamos de ouvir ou saber de conhecidos que já passaram pela mesma situação que nós. Se considerar a referência como fator primordial de contratação, procure os amigos mais próximos ou familiares, eles trarão mais segurança e sinceridade na hora de uma indicação. Se você tiver seguro residencial, alguns planos contam com indicação de profissionais para pequenas obras residenciais com garantia de serviço, como vidraceiros, pintores, pedreiros, marceneiros e etc.

3. Muito barato? Desconfie

Orçamentos muito distintos nem sempre significam que o mais barato é o grande negócio. Sendo assim, procure avaliar mais que duas cotações para ter uma noção de como o mercado se comporta. As vezes, como diz o ditado, “o barato sai caro”. Analise também a qualidade da proposta técnica e a clareza de cada etapa que está envolvida na contratação do serviço. Um erro comum é comparar propostas de serviço em que nem todos os fornecedores consideraram as mesmas atividades.

4. Dê folga no cronograma

A maioria das pessoas que inicia uma obra em casa tem pressa para que ela seja concluída. É praticamente comum atrasar alguns dias e, por isso, quando for elaborar o cronograma da execução, coloque sempre alguns dias a mais do prazo ideal, imaginando os transtornos.

5. Avise os vizinhos

imagem2

Converse com seus vizinhos para explicar que, em determinado período, um pouco mais de barulho será feito perto deles. É muito melhor informar do que ver aquele seu colega da rua ou prédio com a cara amarrada por sua culpa. Para não piorar, procure autorizar a reforma apenas em horário comercial.

6. Mantenha um supervisor

Algumas pessoas acham que basta colocar um time de profissionais em casa e estará tudo certo. Tenha sempre alguém de confiança para supervisionar a obra e apagar possíveis incêndios. Falta de material e dúvidas na execução são algumas tarefas deste supervisor.

7. Tenha sempre o plano B

É raro, mas pode acontecer do profissional ou da empresa desistir do trabalho no meio do caminho, deixando você e a obra na mão. Portanto, deixe combinado com outros empreiteiros em caso de emergência para não prejudicar o cronograma.
Seguindo dicas como essas você poderá caminhar para um período de reforma com mais tranquilidade. Evite transtornos e mantenha a paciência!

Leia também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s