Pra começar: não há tempo que volte

Um artigo inspirado na música Tempos Modernos, de Lulu Santos. Em tempos de The Voice Brasil no ar, nada melhor para refrescar nosso fim de semana com uma mensagem de felicidade.

Leia também:

um fôlego

Há obras que são atemporais. No ano de 1982, o cantor e compositor Lulu Santos lançava seu primeiro disco, Tempos Modernos. A faixa de abertura do álbum, de mesmo nome, justifica a afirmativa que abre esse post. Em mais de 30 anos de sucesso, a canção segue sendo cantada a plenos pulmões em todo tipo de festa, seus versos são replicados à exaustão nas redes sociais e novas versões não param de ser criadas por artistas de diferentes estilos musicais.

Como não amar uma música que começa com a seguinte frase: ‘Eu vejo a vida melhor no futuro’? Uma injeção de otimismo é sempre bem-vinda, não importa o momento social pelo qual passe o país, o momento pessoal pelo qual você esteja passando ou ainda momento musical que a cultura esteja vivendo. Não há tempo certo para acreditar em dias mais claros e belos, todo tempo é válido. Da mesma…

Ver o post original 32 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s